Segunda-feira, 3 de Maio de 2010

Requalificação do Meco visa proteger dunas dos banhistas

 

 

 

 

 

 

Requalificação do Meco visa proteger dunas dos banhistas

 

A popularmente conhecida como "praia do Meco" vai ser sujeita a uma intervenção sem precedentes, cujo objectivo é a recuperação dunar da "meca do naturismo" português. Depois da degradação acumulada pelo areal, devido à circulação de viaturas, mas também de pessoas, eis que chegou a hora de devolver à praia do Moinho - nome original - a vegetação autóctone, acompanhada da aplicação de vedações e de passadiços destinados a dissuadir os banhistas de pisarem a areia no caminho para a praia.

 

 

A medida é aplaudida pela Quercus, justificando Hélder Spínola que este tipo de intervenção "é uma forma de respeitar os equilíbrios naturais."

Segundo o dirigente ambientalista, ao avançar para a consolidação das dunas, a autarquia de Sesimbra "está a assegurar a própria defesa costeira, pelo que nos parece um exemplo a seguir noutros locais", sustenta, admitindo que esta requalificação "pode ajudar a sociedade a perceber que o litoral tem um equilíbrio muito frágil. Só prevenindo o pisoteio ou a utilização abusiva de veículos será possível proteger as dunas e a costa".

 

 

ler noticia completa

 

 

 

 

 

participa em : http://nudisn1.ning.com/

 

 

 

Requalificação do Meco visa proteger dunas dos banhistas

Projecto orçado em 1,9 milhões de euros deve estar concluído até ao Verão

A popularmente conhecida como "praia do Meco" vai ser sujeita a uma intervenção sem precedentes, cujo objectivo é a recuperação dunar da "meca do naturismo" português. Depois da degradação acumulada pelo areal, devido à circulação de viaturas, mas também de pessoas, eis que chegou a hora de devolver à praia do Moinho - nome original - a vegetação autóctone, acompanhada da aplicação de vedações e de passadiços destinados a dissuadir os banhistas de pisarem a areia no caminho para a praia.

Porém, o primeiro passo para garantir o sucesso dos trabalhos prevê a remoção da vegetação infestante, onde surgem espécies como o chorão, seguindo-se a plantação de plantas originárias daquele local, que vão ser retiradas algures da zona envolvente, como explicou ao DN Marta Franco, do Departamento de Planeamento Urbanístico da Câmara de Sesimbra, responsável por esta obra que integra uma requalificação mais abrangente da praia do Meco, orçada em 1,9 milhões de euros, tendo merecido aprovação do QREN no Plano de Ordenamento da Orla Costeira Sintra-Sado.

"Serão também concebidas paliçadas para sustentação das areias transportadas pelo vento, para favorecerem a regeneração da flora, que é uma parte muito importante deste processo de consolidação dunar", justifica a técnica da autarquia, admitindo que, apesar do rigoroso Inverno, que provocou atraso na obras, esta intervenção deverá estar concluída antes da nova época balnear. "Vai ser muito importante que a praia esteja ambientalmente mais protegida, porque será uma mais-valia no futuro", justifica.

A medida é aplaudida pela Quercus, justificando Hélder Spínola que este tipo de intervenção "é uma forma de respeitar os equilíbrios naturais."

Segundo o dirigente ambientalista, ao avançar para a consolidação das dunas, a autarquia de Sesimbra "está a assegurar a própria defesa costeira, pelo que nos parece um exemplo a seguir noutros locais", sustenta, admitindo que esta requalificação "pode ajudar a sociedade a perceber que o litoral tem um equilíbrio muito frágil. Só prevenindo o pisoteio ou a utilização abusiva de veículos será possível proteger as dunas e a costa".

A intervenção no Meco estende-se também aos acessos à praia e aos parques de estacionamento. Uma velha reivindicação do presidente da Junta de Freguesia do Castelo, Francisco Firmino.

"Praticamente não há parques de estacionamento onde pôr os carros, o que obriga os automobilista e estacionarem até ao limite da via pública, provocando enormes constrangimentos", lamenta o edil, depois de anos a fio em que os automobilistas foram perdendo a paciência em longas filas de trânsito até conseguirem dar o primeiro mergulho. A dotação de melhores condições aos parques já existentes é assim aplaudida por autarcas e comerciantes.

Entre a restauração as queixas são transversais e são apontadas razões até para a perda de clientela. "Há muita gente que acaba por se ir embora. Se soubesse as centenas de pessoas que voltam para trás... Isto tem de levar uma grande volta. Os restaurantes perdem muito dinheiro já a partir de Maio, porque as pessoas não têm onde parar os carros", alerta Maurício Almeida, que trabalha num dos apoios de praia.


ImprimirImprimir Enviar por EmailEnviar por Email
EstatísticasEstatísticas Partilhar Partilhar

 

receber noticas por email :

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner


publicado por . às 10:41
link do post | comentar | favorito
|

O meu título conteúdo da página


.pesquisar

 

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Para aproveitar o verão a...

. Fotos retrata atletas sem...

. Naturistas promovem surfe...

. Cantora Bárbara Eugênia t...

. Vizinhos e Pelados: nudis...

. Naturistas pedem mais pra...

. Festival de pintura corpo...

. Escritor Mark Haskell Smi...

. Ativistas protestam nus c...

. Pessoas desfilam nuas em ...

.links

.participar

. participe neste blog

.arquivos

. Agosto 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Março 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. actualidade

. blogs

. desnude

. foto

. fotos

. imagens

. interesse

. lazer

. naked

. natureza

. naturismo

. noticias

. novidades

. nu

. nudismo

. nudist

. portugal

. praia

. vida

. video

. todas as tags

.últ. comentários

Sempre vejo esse do documentário,mas faltou passar...
Que máximo ter vizinhos nudistas
Super
Respeitamos outras culturas mas não queremos respe...
conheci um naturista mas naõ fala sobre comigo fiq...
blogs SAPO

.subscrever feeds